terça-feira, 20 de abril de 2010

ENCEFALOMIELITE DISSEMINADA AGUDA

A ADEM é a doença desmielinizante do Sistema Nervoso Central (SNC), monofásica, na qual é precedida em grande parte por uma infecção viral ou bacteriana, a maioria por infecções não específicas do trato respiratório. ~ A apresentação clínica é de confusão, e crises convulsivas, cefaléia e febre. Pode ocorrer ataxia. O envolvimento da medula espinhal pode levar a paraplegia ou tetraplegia. Os vírus mais comuns implicados sºao os do sarampo, da rubéola da varíola e da varicela. É vista, ocasionalmente, de3pois da vacinação ou de infecções respiratórias não descritivas.

Rev. Fac. Ciênc. Méd. Sorocaba, v. 6, n. 2, p. 53-56, 2004


Postado por Patrícia ,Ticila, Paulo

3 comentários:

  1. O meu irmão contraiu esta doença com apenas 13 anos... Hoje tem 16 e apesar de fazer uma vida normal, sofre muito com as limitações que esta lhe trouxe. Ainda há muitas incertezas, o próprio diagnóstico termina nesta frase "o tempo o dirá..." É um exemplo bem real de que a doença pode ter as mais váriadas incidências. Mas valeu-nos para o susto!

    ResponderExcluir
  2. Meu filho deu essa doença com apenas 10 meses de vida e hoje ele ta com 1ano e 3meses de vida e ainda sofre muito com essa doença. Essa doença levou ele a ter crises distonicas no qual sente muita dor! Gostaria de saber como vai ser a vida dele daqui pra frente com essa doença, gostaria de ter mais explicações e dicas de como lidar com o ADEM. Por favor me ajudem!!!!!!!

    ResponderExcluir
  3. Eu tive esta doença e, 1014, meu nome é Alexandre Barretti.
    A única coisa que senti foi muita febre e dor no corpo, o ultimo sintoma foi a paralisia da bexiga, daí para frente eu apaguei na uti, fiquei em coma por um mês sem saber se ia ou não acordar, quando acordei, eu não tinha meus movimentos, eu não movimentava os braços e nem as pernas, com muita fisioterapia, fui recuperando os movimentos dos braços, e depois das pernas, mas eu não tinha movimento na bexiga e tb não tinha equilíbrio, mas com muita dedicação e fisioterapia, estou me recuperando, já faz um ano, que sai do hospital, hoje ando normalmente, porem, ainda sinto um formigamento da linha do peito até os pés, a sola é onde tenho menos sensibilidade e a bexiga ainda não tem muita força, mas não uso mais sonda, voltei a ter uma vida normal, mas tb ninguém sabia se eu ia ficar com alguma sequela mais grave ou não.

    ResponderExcluir