domingo, 28 de março de 2010

CLASSIFICAÇÃO DOS TUMORES DO SISTEMA NERVOSO CENTRAL


Tumores do sistema nervoso incidem todas as idades e podem se originar em todos tecidos que o constituem. Formam por isso um grupo muito heterogêneo.

O tumor mais importante do sistema nervoso periférico é o schwannoma.

TUMORES DO SISTEMA NERVOSO CENTRAL - CLASSIFICAÇÃO

Baseia-se no tecido de origem.

a) Tumores neuroectodérmicos. Originam-se do tubo neural, ou seja, glia e neurônios. Na prática, a grande maioria tem origem em glia, especialmente nos astrócitos.

  • Tumores de astrócitos: astrocitomas; Variedade maligna: glioblastomas
  • Tumores de oligodendrócitos: oligodendrogliomas
  • Tumores do epêndima: ependimomas.
  • Tumores de neurônios imaturos: meduloblastomas

b) Tumores mesodérmicos. Os principais são os meningiomas, originados em fibroblastos meníngeos.

c) Tumores metastáticos.

DISTRIBUIÇÃO ETÁRIA.

Os tumores do sistema nervoso em conjunto incidem mais na infância e na meia idade. A menor incidência é em torno de 20 anos. Em crianças, têm freqüência proporcionalmente maior que em adultos, perdendo apenas para tumores hemopoiéticos.

Cada tipo de tumor tem distribuição etária própria.

  • Na criança, os tumores mais freqüentes são astrocitomas do cerebelo e tronco cerebral, meduloblastomas e ependimomas.
  • No adulto, predominam astrocitomas e glioblastomas de hemisférios cerebrais, metástases, meningiomas, schwannomas e adenomas da hipófise.
A idade do paciente é dado fundamental para o raciocínio do patologista e não pode faltar na requisição de biópsia.

POSTADO POR: Maria Albertina Deodato de Brito em 28/03/2010 às 17:28

REFERENCIA: http://anatpat,unicamp,br/taneutumor.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário